Acessibilidade em ambiente rural: uma abordagem multicritério com uso de SIG

Elisa Sakamoto, Josiane Palma Lima

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo apresentar a avaliação da acessibilidade no meio rural, de produtores familiares, por meio de um estudo de caso no Município de Itajubá, MG. A agregação do Método Hierárquico Analítico (AHP) a um Sistema de Informação Geográfica permitiu a geração de mapas de acessibilidade, tanto para cada grupo de Locais de Interesse - LI (Comercialização da produção, Ensino, Saúde, Serviços e Lazer), quanto de forma global para todo território. O estudo considerou o grau de importância dos locais, as distâncias percorridas, tipo de pavimento das vias e acesso ao transporte público, levando em consideração as características da região, a opinião dos produtores e especialistas. Os locais de comercialização da produção foram considerados pelos especialistas como os mais importantes na avaliação da acessibilidade, e os mapas gerados possibilitaram verificar as áreas com maior e menor acessibilidade, e assim, as áreas prioritárias para planejamentos e investimentos em infraestrutura e transportes.


Palavras-chave


Acessibilidade; Análise Multicritério; Desenvolvimento Rural; Sistemas

Texto completo:

PDF

Referências


Abramovay, R. (1998) Agricultura familiar e desenvolvimento territorial. Reforma agrária, v. 28, n. 1, p. 2.

Abramovay, R. (2003) O futuro das regiões rurais. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

Aguiar, F. O. (2010) Acessibilidade Relativa dos Espaços Urbanos para Pedestres com Restrições de Mobilidade. Tese de doutorado. Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo: São Carlos, SP. Disponível em: < http://disciplinas.stoa.usp.br/pluginfile.php/151701/mod_resource/content/3/tese-acessibilidade%20em%20espa%C3%A7os%20urbanos.pdf> Acesso em: 8 mar. 2016.

Allen, W. B.; D. Liu E Singer, S. (1993) Accessibility measures of U.S. metropolitan areas. Transportation Research, Part B, Methodological, v. 27, n. 6, p. 439-50. DOI: 10.1016/0191-2615(93)90016-4

Brasil Lei n. 11.326, de 24 de julho de 2006. Estabelece as diretrizes para a formulação da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. Presidência da República. Brasília, DF. Disponível em: . Acesso em: 6, 2014.

CPRM - Companhia de Pesquisas em Recursos Minerais - Serviço Geológico do Brasil (2010) Mapa de declividade em percentual do relevo brasileiro. Disponível em: . Acesso em: 8 mar. 2016.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2009) Censo Agropecuário 2006. Agricultura Familiar. Primeiros resultados. Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação. Brasília/Rio de Janeiro: MDA/MPOG.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010) Censo Demográfico 2010. Características Gerais da População. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

IFAD International Fund for Agricultural Development (2010). Rural Poverty Report 2011 – New Realities, New Challenges: New Opportunities for Tomorrows Generation, International Fund for Agricultural Development, p. 16.

Ingram, D. R. (1971) The concept of accessibility: a search for an operational form. Regional Studies, v. 5, n. 2, p. 101-7. DOI: 10.1080/09595237100185131.

Geipot (1995) Avaliação Preliminar do Transporte Rural: Destaque para o Segmento Escolar. Empresa Brasileira de Planejamento de Transportes, Brasília, DF.

Kageyama, A. (2004) Desenvolvimento rural: conceito e medida. In: Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v. 21, n. 3, p. 379-408.

Lebo, J., Schelling, D. (2001) Design and Appraisal of Rural Transport Infrastructure: Ensuring Basic Access for Rural Communities, World Bank Technical Report, No. 496, p. 4.

Lima, J. P. (2007) Modelo de Decisão para a Priorização de Vias Candidatas às Atividades de Manutenção e Reabilitação de Pavimentos. Tese de Doutorado, Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo: São Carlos, SP.

Lima, J. P.; Ramos, R. A. R.; Fernandes Júnior, J. L. (2009) Uma abordagem Multicritério para a priorização de vias pavimentadas. Transportes, v. 17, n. 1, p. 27-38. DOI: 10.14295/transportes.v17i1.73.

Machado, M. H.; Lima, J. P.. Avaliação multicritério da acessibilidade de pessoas com mobilidade reduzida: um estudo na região central de Itajubá (MG). Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, p. 368-382, 2015. DOI: 10.1590/2175-3369.007.003.AO08.

Malczewski, J. (1999) GIS and multicriteria decision analysis. New York: John Wiley & Sons, Inc.

Maluf, R.S. (2002) O enfoque da multifuncionalidade da agricultura: aspectos analíticos e questões de pesquisa. In: Lima, D.M.; Wilkinson, J. (Org.) Inovação nas tradições da agricultura familiar. Brasília: CNPq/Paralelo 15, p. 301-328.

MDA/SDT-Ministério do Desenvolvimento Agrário - Secretaria de Desenvolvimento Territorial. (2003). Referências conceituais do Desenvolvimento Territorial Rural Sustentável. CONDRAF/NEAD, Brasília, DF.

Mendes, J. F. G. (2001) Multicriteria Accessibility Evaluation using GIS as Applied to Industrial Location in Portugal. Earth Observation Magazine, v. 10, n. 2, p. 31-35.

Ministério das Cidades (2006) Programa Brasil Acessível – Programa Brasileiro de Acessibilidade Urbana, cadernos 1 a 6. Brasília. Disponível em . Acesso em: 8 mar. 2016.

Miranda, L. I. B. (2011) Planejamento em áreas de transição rural-urbana: velhas novidades em novos territórios. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, v. 11, n. 1, p. 25-40.

Morris, J. M.; Dumble, P. L.; Wigan, M.R. (1979) Accessibility indicators for transport planning. Transportation Research, Part A, v. 13, n. 2, p. 91-109. DOI: 10.1016/0191-2607(79)90012-8.

Oliveira, G. M.; da Silva A. N. R. (2015) Desafios e perspectivas para avaliação e melhoria da mobilidade urbana sustentável: um estudo comparativo de municípios brasileiros. Transportes, v. 23, n. 1, p. 59-68. DOI: 10.4237/transportes.v23i1.768.

Pegoretti, M. S. (2005) Definição de um indicador para avaliar a acessibilidade dos alunos da zona rural às escolas da zona urbana. Dissertação de Mestrado. Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade Federal de São Carlos: São Carlos, SP.

Pegoretti, M. S.; Sanches, S. P. (2006) Transporte escolar: indicador de acessibilidade dos alunos da zona rural às escolas da zona urbana. Revista dos Transportes Públicos, v. 110, p. 83-98.

Pereira, L. C., Neto, F.L. (2004) Avaliação da aptidão agrícola das terras: proposta metodológica. Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 43. 36 p.

Raia Junior, A. A. (2000) Acessibilidade e Mobilidade na Estimativa de um Índice De Potencial de Viagens Utilizando Redes Neurais Artificiais e Sistemas de Informações Geográficas. Tese de Doutorado. Escola de Engenharia de São Carlos, da Universidade de São Paulo: São Carlos, SP.

Ramalho-Filho, A., Beek, K. J. (1995) Sistema de avaliação da aptidão agrícola das terras. (3ª ed.). Rio de Janeiro: EMBRAPA-CNPS.

Rodrigues, D. S. (2001) Avaliação Multicritério de Acessibilidade em Ambiente SIG. Dissertação de Mestrado. Escola de Engenharia, Universidade do Minho: Braga, Portugal.

Rodrigues, D. S., Mendes, J. F. G., Lima, J. P., Ramos, R. A. R. (2004) Uma Abordagem Multicritério para Avaliação da Acessibilidade. In: Mendes, J. F. G.; Silva, A. N. R. Souza, L. C. L.; Ramos, R. A. R. (Org.). Contribuições para o Desenvolvimento Sustentável em Cidades Portuguesas e Brasileiras. 1ed. Coimbra, Portugal: Almedina, v. 1, p. 98-117.

Saaty, T. L. (2008) Decision making with the analytic hierarchy process. International Journal of Services Sciences. v. 1, n. 1, p. 83-98. DOI: 10.1504/IJSSci.2008.01759.

Sachs, I. (2002) Redescoberta e invenção do Brasil rural. Brasília. Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável–CNDRS.

Sakamoto, E. (2015) Avaliação Multicritério da Acessibilidade de Agricultores Familiares no Município de Itajubá – MG. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Itajubá. Itajubá-MG. Disponível em: < http://repositorio.unifei.edu.br:8080/xmlui/bitstream/handle/123456789/167/dissertacao_sakamoto_2015.pdf?sequence=1> Acesso em: 8 mar. 2016.

Santos, M. (2008) O Espaço dividido: os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos. 2ª ed.. Editora da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP.

Tobias, M. S. G., Ramos, R. A. R., Ravena, N., Rodrigues, D. S. (2012) Aspectos da Mobilidade Urbana em Cidades do Baixo Amazonas: indicadores para elaboração de políticas públicas. Revista dos Transportes Públicos, v. 129, p. 71-84.

Vasconcellos, E. A. (1997) Transporte Rural: O Resgate de um Tema Esquecido. Revista dos Transportes Públicos, v. 75, p. 31-48.

Vasconcellos, E. A. (2000). Transporte urbano nos países em desenvolvimento: reflexões e propostas. 3. ed. Editora Annablume, São Paulo.

Veiga, J. E. (2007) Mudanças nas relações entre espaços rurais e urbanos. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, v. 3, n.1.




DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v24i1.958

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2016 Elisa Sakamoto, Josiane Palma Lima

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.