https://revistatransportes.org.br/anpet/issue/feed TRANSPORTES 2021-09-14T09:49:04-03:00 Mariane Petroski secretaria.transportes@anpet.org.br Open Journal Systems <p>TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é o único periódico técnico-científico nacional que publica artigos em todos os campos da Engenharia de Transportes e ciências afins. Manuscritos submetidos para publicação são analisados por especialistas de renome nacional e internacional. TRANSPORTES tem periodicidade quadrimestral e é uma publicação da Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes - <a href="http://www.anpet.org.br" target="_blank" rel="noopener">ANPET</a>, uma entidade que reúne pesquisadores, especialistas e estudantes do Brasil e do exterior.</p> <div style="background-color: yellow;"> <p>Em função das restrições e impactos da COVID-19, o atendimento aos leitores, avaliadores e, principalmente, aos autores poderá ser menos rápido que o normal. Todo o nosso corpo editorial é formado por voluntários que também estão sendo afetados pelas medidas adotadas para contenção dessa pandemia. Contamos com sua compreensão.</p> </div> https://revistatransportes.org.br/anpet/article/view/2391 Rejeito de minério de ferro como agregado mineral fino em misturas asfálticas 2021-03-11T20:21:30-03:00 Igor Castro Sá de Oliveira oliveira.igor@usp.br Adalberto Leandro Faxina adalberto@usp.br <p>A crescente produção mineral gera volumes gradativamente maiores de resíduos sólidos, motivando a realização de estudos que viabilizem o aproveitamento desses resíduos em outras áreas. O objetivo deste trabalho é avaliar a utilização do rejeito de flotação do minério de ferro, que se assemelha a uma areia fina, como material constituinte de misturas asfálticas. Foram produzidas misturas asfálticas completas (MAC) e matrizes de agregados finos (MAF) empregando agregados de gnaisse e rejeito de minério de ferro. A MAC foi avaliada por meio da resistência à tração e dano por umidade induzida. As MAFs foram submetidas a ensaios de fadiga no reômetro de cisalhamento dinâmico, gerando modelos de fadiga das amostras com e sem condicionamento à umidade. A melhor adesividade do ligante asfáltico ao rejeito proporcionou maior resistência à tração na MAC e maior vida de fadiga à MAF condicionada, além de reduzir a suscetibilidade à umidade nas duas escalas.</p> 2021-09-14T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Igor Castro Sá de Oliveira, Adalberto Leandro Faxina