TRANSPORTES https://revistatransportes.org.br/anpet <p>TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é o único periódico técnico-científico nacional que publica artigos em todos os campos da Engenharia de Transportes e ciências afins. Manuscritos submetidos para publicação são analisados por especialistas de renome nacional e internacional. TRANSPORTES tem periodicidade quadrimestral e é uma publicação da Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes - <a href="http://www.anpet.org.br" target="_blank" rel="noopener">ANPET</a>, uma entidade que reúne pesquisadores, especialistas e estudantes do Brasil e do exterior.</p> <div style="background-color: yellow;"> <p>Em função das restrições e impactos da COVID-19, o atendimento aos leitores, avaliadores e, principalmente, aos autores poderá ser menos rápido que o normal. Todo o nosso corpo editorial é formado por voluntários que também estão sendo afetados pelas medidas adotadas para contenção dessa pandemia. Contamos com sua compreensão.</p> </div> pt-BR <p>Ao submeter um manuscrito para publicação neste periódico, todos os seus autores concordam, antecipada e irrestritamente, com os seguintes termos:</p><ol><li>Os autores mantém os direitos autorais e concedem à Revista TRANSPORTES o direito de primeira publicação do manuscrito, sem nenhum ônus financeiro, e abrem mão de qualquer outra remuneração pela sua publicação pela ANPET.</li><li>Ao ser submetido à Revista TRANSPORTES, o manuscrito fica automaticamente licenciado sob a Licença <em>Creative Commons Attribution</em>, que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e da publicação inicial neste periódico.</li><li>Os autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para<strong> distribuição não exclusiva</strong> da versão do trabalho publicada neste periódico (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento da publicação inicial nesta revista, desde que tal contrato não implique num endosso do conteúdo do manuscrito ou do novo veículo pela ANPET.</li><li>Os autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) depois de concluído o processo editorial. Como a Revista TRANSPORTES é de <strong>acesso livre</strong>, os autores são estimulados a usar links para o site da Revista TRANSPORTES nesses casos.</li><li>Os autores garantem ter obtido a devida autorização dos seus empregadores para a transferência dos direitos nos termos deste acordo, caso esses empregadores possuam algum direito autoral sobre o manuscrito. Além disso, os autores assumem toda e qualquer responsabilidade sobre possíveis infrações ao direito autoral desses empregadores, isentando a ANPET e a Revista TRANSPORTES de toda e qualquer responsabilidade neste sentido.</li><li>Os autores assumem toda responsabilidade sobre o conteúdo do trabalho, incluindo as devidas e necessárias autorizações para divulgação de dados coletados e resultados obtidos, isentando a ANPET e a Revista TRANSPORTES de toda e qualquer responsabilidade neste sentido.</li></ol><p> </p> secretaria.transportes@anpet.org.br (Mariane Petroski) secretaria.transportes@anpet.org.br (Mariane Petroski) Mon, 16 Jan 2023 18:47:18 -0300 OJS 3.3.0.7 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Análise da gravidade de lesões de pedestres no Brasil utilizando modelos logit de parâmetros aleatórios https://revistatransportes.org.br/anpet/article/view/2761 <p>No Brasil, os pedestres representam o terceiro maior grupo de vítimas de acidentes, depois de motociclistas e ocupantes de automóveis. O emprego de medidas para garantir a segurança de pedestres requer uma compreensão dos fatores de risco associados a lesões em acidentes. Um modelo logit de parâmetros aleatórios foi estimado para investigar fatores que influenciam na severidade dos acidentes com pedestres em vias urbanas de Fortaleza – Brasil. Para isso uma amostra 2660 observações de atropelamentos foi utilizada. Dos fatores investigados apenas a variável referente a idade superior a 60 anos do pedestre obteve um parâmetro aleatório significativo. Nesse caso, a heterogeneidade nas observações pode estar associada, entre outros fatores, a fragilidade física do corpo e a função cognitiva que pode diferir entre os indivíduos desse grupo. Os resultados mostraram ainda que os acidentes ocorridos a noite, com veículos pesados, nos finais de semana e localizadas em vias de maior classificação de tráfego estão associadas a lesões mais graves. A incorporação da heterogeneidade não observada na estimação dos parâmetros do modelo destaca-se como uma das principais contribuições deste trabalho.</p> Mateus Nogueira Silva, Flávio José Craveiro Cunto, Marcos José Timbó Lima Gomes, Sara Ferreira Copyright (c) 2023 Mateus Nogueira Silva, Flávio José Craveiro Cunto, Marcos José Timbó Lima Gomes, Sara Ferreira http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 https://revistatransportes.org.br/anpet/article/view/2761 Mon, 16 Jan 2023 00:00:00 -0300