Avaliação financeira dos mecanismos de concessão com prazo variável

Homero Neves da Silva, Fernando Dutra Michel, Luiz Afonso dos Santos Senna, Antonio Núñez

Resumo


Este trabalho é devotado à avaliação do risco de tráfego em concessões de infra-estruturas rodoviárias. Dentre os principais meios encontrados para minimizar os efeitos do risco de tráfego aos concessionários encontra-se a utilização de mecanismos de concessão baseado em contratos com prazo variável. Dois mecanismos têm sido desenvolvidos com este objetivo e foram avaliados neste trabalho: LPVR, proposto por Engel, Fischer e Galetovic e implantado no Chile em meados da década de 1990; e LPVNR, proposto por Nombela e de Rus a partir do final da mesma década. A avaliação dos mecanismos foi realizada utilizando simulação Monte Carlo. Para a realização da avaliação, foi desenvolvido um modelo financeiro que propiciasse análises de projetos com duração não definida exante. As variáveis utilizadas nos testes foram: as taxas de desconto utilizadas nos projetos; os horizontes de tempo das concessões (duração esperada); e a extensão máxima que a duração pode ter, além da duração esperada.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v13i1.90

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2005 Homero Neves da Silva, Fernando Dutra Michel, Luiz Afonso dos Santos Senna, Antonio Núñez

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.