Uma proposta de solução para o Aircraft Recovery Problem de companhias aéreas regulares de pequeno porte

Glend Kleiser Gouveia Dias, Anand Subramanian, Lucídio dos Anjos Formiga Cabral

Resumo


A resolução do Aircraft Recovery Problem consiste em redefinir o sequenciamento das aeronaves, após interrup- ções das operações, que implique no menor custo operacional às companhias aéreas de voos regulares. O método adotado neste trabalho baseou-se na construção de uma rede tempo-espaço a partir dos dados de pousos e decolagens de uma companhia aérea brasileira. O modelo matemático do fluxo de custo mínimo foi implementado para o problema, o qual foi resolvido via Programação Linear Inteira. Foram realizados testes computacionais com centenas de instâncias e os resultados obtidos sugerem que a abordagem proposta é capaz de encontrar soluções melhores quando comparados com a simples estratégia de cancelar os voos atribuídos às aeronaves indisponíveis. Também foram realizados testes adicionais para verificar o impacto do fornecimento de uma aeronave extra no aeroporto com o maior número de voos operados pela companhia aérea estudada.

Palavras-chave


Gestão das interrupções, aviação civil, Aircraft Recovery Problem, otimização.

Texto completo:

PDF

Referências


ARGÜELLO, Michael F.; BARD, Jonathan F.; YU, Gang (1997a). A GRASP

for aircraft routing in response to groundings and delays. Journal of Combinatorial Optimization, v. 1, n. 3, p. 211-228. DOI: 10.1023/A:1009772208981.

ARGÜELLO, Michael F.; BARD, Jonathan F.; YU, Gang (1998b). Models and methods for managing airline irregular operations. In: Operations Research in the Airline Industry. Springer US, p. 1-45. DOI: 10.1007/978-1-4615-5501-8_1.

ANAC (2013). Anuário do Transporte Aéreo: Dados Estatísticos e Econômicos de 2013. Brasília: Anac, 207 p.

BARD, Jonathan F.; YU, Gang; ARGUELLO, Michael F (2001). Optimizing

aircraft routings in response to groundings and delays. IIE Transactions, v. 33, n. 10, p. 931-947. DOI: 10.1080/07408170108936885.

BAZARGAN, Massoud (2012). Airline operations and scheduling. Ashgate Publishing, Ltd.

BISAILLON, Serge et al. (2011). A large neighbourhood search heuristic for the aircraft and passenger recovery problem. 4OR, v. 9, n. 2, p. 139-157. DOI: 10.1007/s10288-010-0145-5.

BELOBABA, Peter; ODONI, Amedeo; BARNHART, Cynthia (2009). The global airline industry. John Wiley & Sons. DOI:10.1002/9780470744734.

BRASIL (1986a). Lei nº 7565, 9 de dezembro de 1986. Código Brasileiro de Aeronáutica. Brasília.

BRASIL (2000b). Agência Nacional de Aviação Civil. IAC 1223, 19 de janeiro de 2000. Normas para confecção e aprovação de HOTRAN. Rio de Janeiro.

BRASIL (2000c). Agência Nacional de Aviação Civil. IAC 1224, 19 de janeiro de 2000. Normas para alterações em voos regulares e realização de voos não-regulares. Rio de Janeiro.

COOK, A.; TANNER, G (2013). Standard Inputs for EUROCONTROL Cost Benefit Analyses. Department of Transport Studies University of Westminster, University of California, Riverside.

HANSEN, Mark; ZOU, Bo (2013). Airport Operational Performance and Its

Impact on Airline Cost. Modelling and Managing Airport Performance, p. 119-143. DOI: 10.1002/9781118535844.ch5.

KOHL, Niklas et al. (2007). Airline disruption management - perspectives, experiences and outlook. Journal of Air Transport Management, v. 13, n. 3, p. 149-162. DOI: 10.1016/j.jairtraman.2007.01.001.

NICKKAR, Amirreza et al. (2015). Developing a model for solving the flight perturbation problem. Journal of Airline and Airport Management, v. 5, n. 1, p. 18-38. DOI: 10.3926/jairm.31.

TAHA, Hamdy A. Pesquisa operacional: uma visão geral. 8. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2008. 359 p.

TEODOROVIĆ, Dušan; GUBERINIĆ, Slobodan (1984). Optimal dispatching strategy on an airline network after a schedule perturbation. European Journal of Operational Research, v. 15, n. 2, p. 178-182. DOI: 10.1016/0377-2217(84)90207-8.




DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v25i1.1265

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 Glend Kleiser Gouveia Dias, Anand Subramanian, Lucídio dos Anjos Formiga Cabral

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.