Viscosidade rotacional de ligantes asfálticos modificados de mesmo grau de desempenho

Matheus David Inocente Domingos, Thaís Ferreira Pamplona, Adalberto Leandro Faxina, Antonio Carlos Gigante

Resumo


 Os objetivos deste trabalho são (a) comparar as viscosidades rotacionais de ligantes asfálticos de mesmo PG e nas condições virgem e modificada, (b) comparar as temperaturas de processamento obtidas por métodos diferentes e (c) avaliar o efeito das temperaturas de processamento adotadas para estas amostras sobre os teores ótimos das misturas dosadas pelo critério do Superpave. As maiores viscosidades pertencem ao CAP+EVA, ao CAP+borracha e ao CAP+borracha+PPA e as menores, ao CAP puro e ao CAP+PPA. As temperaturas de processamento calculadas pelo método tradicional se mostraram muito elevadas para o CAP+borracha, o CAP+borracha+PPA e o CAP+EVA e, pelo método simplificado, estas temperaturas são de 20 a 45 °C menores para a maioria dos ligantes asfálticos. À exceção do CAP puro, do CAP+PPA, do CAP+SBS+PPA e do CAP+EVA+PPA, as temperaturas de processamento da maioria dos ligantes asfálticos foram reduzidas e, mesmo assim, os projetos de dosagem das misturas asfálticas pelo método Superpave foram bem-sucedidos.

Palavras-chave: viscosidade rotacional, grau de desempenho, ligantes asfálticos modificados, temperaturas de usinagem e compactação, compactador giratório.

Abstract: The objectives of this paper are the following: (a) to compare rotational viscosities of unaged and modified asphalt binders with the same performance grade, (b) to compare mixing and compaction temperatures obtained by different methods and (c) to evaluate the effect of these temperatures on the optimum binder contents of mixes designed according to the Superpave criterion. AC+EVA, AC+rubber and AC+rubber+PPA have the greatest viscosities among the binders studied here, whereas the neat one and AC+PPA have the lowest viscosities. Mixing and compaction temperatures were found to be very high for AC+rubber, AC+rubber+PPA and AC+EVA in the conventional method, whereas temperatures from 20 to 45 °C lower were found for the majority of the binders in the simple method. Mixing and compaction temperatures were reduced for the majority of the binders with the exception of the neat binder, AC+PPA, AC+SBS+PPA and AC+EVA+PPA. In spite of these reductions, the Superpave mixture design projects were well succeeded.

Keywords: rotational viscosity, performance grade, modified asphalt binders, mixing and compaction temperatures, gyratory compactor.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.4237/transportes.v20i2.560

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2012 Matheus David Inocente Domingos, Thaís Ferreira Pamplona, Adalberto Leandro Faxina, Antonio Carlos Gigante

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.