CURITIBA ET RECIFE, DANS L'EXPERIENCE BRÉSILIENNE D'ORGANISATION DES TRANSPORTS

Hostilio Xavier Ratton Neto

Resumo


A tarefa de organizar sistemas de transporte urbano, se encarada em sua essência, poderia ser resumida em dois pontos: prover acessibilidade aos deslocamentos nas cidades e garantir a mobilidade das pessoas na realização desses deslocamentos. Na pratica, essa equação aparentemente simples se configura em vários e complexos problemas, na medida em que os contextos onde se localizam os deslocamentos, as possibilidades de efetuados, as pessoas envolvidas, seus horários e motivos são diferentes e, em principio, não seriam contemplados pelas mesmas soluções. A diversidade dos processos implantados para a provisão dos serviços de transporte publico reflete essas diferenças. No entanto, nós, planejadores de transporte, vivemos obcecados pela idéia de que é possível racionalizar e parametrizar essas diferenças, descobrindo a formula mágica que resolveria, em condições ótimas, todas as questões envolvidas. Um dos caminhos trilhados para a busca dessa formula e o de encontrar, nas diferenças, as respostas para tratar certos aspectos que ficam mais evidentes numa determinada conjuntura do que em outras, incorporando-as e avaliando os seus impactos. Nesse sentido, a experiência francesa, de transferir seu modelo de organização e gestão de transportes a muitos países em desenvolvimento, sem aprofundar o exame das peculiaridades de cada local, o que resultou em grandes fracassos, acabou dando a pista para essa trilha. Os franceses têm, desde então, se interessado pelas questões de transporte dos países em desenvolvimento, tentando levantar exatamente os aspectos que escaparam em sua formulação original. A propósito, não teria sido por acaso que criaram, em 1980, as Conferencias sobre o Desenvolvimento e Planejamento de Transporte Urbano nos Países em Desenvolvimento (CODATU). O livro de Anísio Brasileiro é fruto da conjugação de todas as perspectivas. Ele é o desdobramento, três anos mais tarde, de sua tese de doutorado, que tratava do desenvolvimento urbano e os transportes coletivos, enfocando os mesmos casos de Curitiba e Recife, e é o sétimo título da coleção Transport, Transfert et Développement, editada pelo INRETS (Instituto Nacional de Pesquisas nos Transportes e sua Segurança) e pela Associação CODATU.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v4i1.299

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 1996 Hostilio Xavier Ratton Neto

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.