Reflexões sobre um programa de pesquisa científica para a infraestrutura viária do Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/transportes.v28i5.2174

Palavras-chave:

Ciência. Pesquisa. Pavimentos. Infraestrutura.

Resumo

Este artigo é motivado pela transição entre métodos de dimensionamento de pavimentos asfálticos no Brasil. Tem por objetivo facilitar um método de revisão do conhecimento útil a futuras atualizações. Apresenta-se uma análise sobre como a Ciência, com suas características que a tornam um paradigma da racionalidade frente a outras formas de compreensão e previsão, pode influenciar uma área estratégica, como a de infraestrutura viária. Um momento de transformações deste segmento no país, que envolve investimentos externos, concessões, privatizações, requer uma comunidade nacional equipada com o melhor conhecimento disponível e aguçada capacidade crítica. A Ciência tende a nos mover para mais perto do que se entende num dado momento como verdade e, na maior parte dos casos, o seu grau de aplicação de hoje tende a exceder métodos predecessores. A reflexão sobre Programas de Pesquisa Científica para infraestrutura viária é apenas um dos elementos para se construir uma área de fronteira no conhecimento acadêmico e na inovação de empresas e do poder público.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Barbosa Soares, Universidade Federal do Ceará, Ceará – Brasil

Professor Titular, Departamento de Engenharia de Transportes Universidade Federal do Ceará

Referências

Babadopulos, L.F.A.L.; Soares, J.B.; Castelo Branco, V.T.F. (2015) Interpreting fatigue tests in hot mix asphalt (HMA) using con-cepts from viscoelasticity and damage mechanics. Transportes v. 23, n. 2. DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v23i2.898.

Bastos, J.B.S.; silva, S.A.T.; Soares, J.B.; Nascimento, L.A.H.; KIM, Y.R. (2016) Triaxial stress sweep test protocol considerations for permanent deformation characterization of asphalt mixtures. RMPD, v. 19, n. 2. DOI: https://doi.org/10.1080/14680629.2016.1261729.

Chalmers, A.F. (2000) O que é Ciência afinal? Editora Brasiliense. ISBN: 8511120610.

Feyerabend, P. (1977) Contra o método. Editora Francisco Alves, RJ.

Flexner, A. (1939) The usefulness of useless knowledges. Princeton University Press. ISBN: 9780691174761.

Fritzen, M.A. (2016) Desenvolvimento e validação de função de transferência para previsão de dano por fadiga em pavimen-tos asfálticos. Tese de Doutorado. Programa de Engenharia Civil/COPPE/UFRJ.

SETRA/LCPC (1978) Guide technique. French Design Manual for Pavement Structures. LCPC et SETRA, Paris.

Lakatos, I. (1979) O falseamento e a metodologia dos programas de pesquisa científica. In: LAKATOS, I. e MUSGRAVE, A. A crítica e o desenvolvimento do conhecimento. São Paulo: Cultrix.

Khun, T.S. (1962) The structure of scientific revolutions. The University of Chicago Press.

Motta, L.M.G. (1991) Método de Dimensionamento de Pavimentos Flexíveis; Critério de Confiabilidade e Ensaios de Cargas Repetidas. Tese de Doutorado, UFRJ.

Motta, L.M.G.; Leite, L.F.M.; Franco, F.A.C.P.; Silva, C.F.S.C.; Medina, J. (2018) Execução de estudos e pesquisa para elaboração de método mecanístico - empírico de dimensionamento de pavimentos asfálticos. Convênio UFRJ/DNIT.

Nascimento, L.A.H. (2015) Implementation and Validation of the Viscoelastic Continuum Damage Theory for Asphalt Mixture and Pavement Analysis in Brazil. PhD Dissertation, North Carolina State University. USA.

Popper (1963) Conjectures and Refutations: The Growth of Scientific Knowledge.

Santiago, L.S.; Babadopulos, L.F.A.L.; Soares, J.B. (2019) Desenvolvimento de Função de Transferência para Previsão de Área Trincada em Pavimentos Asfálticos por Meio da Simulação do Dano por Fadiga Utilizando Modelo S-VECD e Análises Elásticas. Aceito para publicação. Transportes.

Soares, J.B.; Moreno, A.M.; Motta, L.M.G. (2009) Aspectos gerais de métodos de dimensionamento de pavimentos asfálticos de vários países e a relação com um novo método brasileiro. Revista Pavimentação, XVII.

Souza, M.L. (1981) Método de projeto de pavimentos flexíveis. 3ª ed. Rev. e Atual. RJ, IPR (Publ. 667).

Downloads

Publicado

2020-12-15

Como Citar

Soares, J. B. (2020). Reflexões sobre um programa de pesquisa científica para a infraestrutura viária do Brasil. TRANSPORTES, 28(5), 154–168. https://doi.org/10.14295/transportes.v28i5.2174

Edição

Seção

Artigos