Fare policies and a markup application based on airport cost

Reinaldo Moreira Del Fiaco, Paulo Afonso Lopes da Silva

Resumo


A experiência de países desenvolvidos mostra que os administradores aeroportuários procuram aumentar sua lucratividade, e as Agências Reguladoras objetivam garantir qualidade, investimento e tarifas justas. Os Estados, que se interessam em ter aeroportos autossustentáveis, encontram na regulamentação para a iniciativa privada ou sociedade de capital misto a mudança que desejam. Com o objetivo de desenvolver um modelo de precificação da tarifa aeronáutica baseada no custo do aeroporto, este artigo apresenta uma aplicação do índice de Tornqvist e do método de precificação Markup para encontrar a oportunidade de preço do mercado. Sendo um dos objetivos específicos de comparar os resultados financeiros com base na Resolução No. 350/14 da ANAC com os resultados obtidos no modelo proposto. Para a previsão de demanda com o novo preço da tarifa, utilizou-se o conceito de elasticidade. O cenário utilizado foi o do Aeroporto de Campinas/Viracopos, de janeiro de 2014 até março de 2017. Durante o trimestre em que não há custos com construção de infraestrutura, o preço da tarifa é 0,04% maior do que o teto tarifário previsto pela ANAC. Durante períodos com custo de construção, a média da tarifa foi 2,4 vezes maior em relação ao preço do Agente Regulador. Um método independente e baseado em custo e na oportunidade de mercado, mas no qual o demonstrativo financeiro deva ser seja fiscalizado, mostra-se ser promissor quanto ao aumento da receita do aeroporto. Estabelecer parâmetros qualitativos pode ser a melhor opção para exigir a qualidade do bem-estar social dos passageiros, e caso essas metas não sejam atingidas, então multas podem ser aplicadas a administradora aeroportuária.

Palavras-chave


Aeroportos; Regulamentação; Tarifas; Markup

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Abeyratne, R. (2001) ICAO: Some Recent Developments in Aviation and Environmental Protection Regulation. Environmental Policy and Law, 32 (1), p. 32-40.

ACI-EU (2016) Airport Council International – Europe. Leveraging Airport Investment To Drive The Eu’s Aviation Strategy. Available at: (Access: 12/06/2016).

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2011) Resolução n° 180, de 25 de janeiro de 2011. Dispõe sobre o modelo de regula-mentação das tarifas aeroportuárias de embarque, pouso e permanência e dos preços unificado e de permanência. Brasília, DF. (in Portuguese)

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2011a). Anexo 2 – Plano de Exploração Aeroportuária (PEA). Concessão para Constru-ção Parcial, Manutenção e Exploração do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante. Brasília, DF. (in Portuguese)

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2011b.). Anexo 13 – Metodologia de Cálculo do Fator X a Ser Aplicado no Primeiro Reajuste Tarifário. Concessão para Construção Parcial, Manutenção e Exploração do Aeroporto Internacional de São Gon-çalo do Amarante. Brasília, DF. (in Portuguese)

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2013) Anexo 11 do Contrato de Concessão Fator X. Concessão para Ampliação, Manu-tenção e Exploração do Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins. Brasília, DF. (in Portuguese)

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2014). Relatório de Atividades 2013. p. 107. Brasília, DF. (in Portuguese)

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2014a). Resolução n°350 de 19 dez. 2014. Brasília, DF. (in Portuguese)

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2015) Regulação Econômica de Aeroportos – Atuação da ANAC no âmbito da regulação econômica de tarifas aeroportuárias e preços específicos. Apresentação. ONLINE. Brasília, DF. (in Portuguese)

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2017) Concessões. ONLINE. (in Portuguese)

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2017a) Tarifas Aeroportuárias - Valor Teto das Tarifas de Embarque. Available in: (acess 12/06/2016). (in Portuguese)

ANAC, Agência Nacional de Aviação Civil (2017b) Demanda e Oferta do Transporte Aéreo – Empresas Brasileiras. Available in: < https://goo.gl/wXi47z> (acess 12/06/2016). (in Portuguese)

Arblaster, M. (2017) Light-Handed Regulation of Airport Services: An alternative approach to direct regulation? Chapter 2 of The Economics of Airport Operations: Advances in Airline Economics, v. 6, 2017. p.15-47.

Australian Government. (2011) Economic Regulation of Airport Services. Productivity Commission Inquiry Report. Mel-bourne, n. 57. Available at: DOI: 10.1108/S2212-160920170000006002

BCB, Banco Central do Brasil (2017) Sistema Gerenciador de Séries Temporais – SGST. v. 2.1 Módulo público. ONLINE. (in Portuguese)

Biggar, D. (2012) Why Regulate Airports? A Re-examination of the Rationale for Airport Regulation. Jornal of Transport Econom-ics and Policy, v. 46, part 3, p. 367-380. Available at: http://www.jstor.org/stable/24396317

Brazil. (1973) Lei N° 6.009, de 26 de dezembro de 1973. Dispõe sobre a utilização e a exploração dos aeroportos, das facilida-des a navegação aérea e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brazil. Brasília, DF. DOFC de 28/12/1973, p. 13417. (in Portuguese)

Brazil. Constituição (1988). Constituição [da] República Federativa do Brasil. Senado Federal. Brasília, DF. (in Portuguese)

Brazil. (2011) Decreto n° 7.624, de 22 de novembro de 2011. Dispõe sobre as condições de exploração pela iniciativa privada da infraestrutura aeroportuária, por meio de concessão. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF. (in Portuguese)

Brazil. (2011b) Medida Provisória n° 551, de 22 de novembro de 2011. Altera Dispositivos das Leis nº 7.920, de 12 de dezem-bro de 1989, nº 9.825, de 23 de agosto de 1999, nº 8.399, de 7 de janeiro de 1992, nº 6.009, de 26 de dezembro de 1973, nº 5.862, de 12 de dezembro de 1972, nº 12.462, de 5 de agosto de 2011; e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federa-tiva do Brasil. Brasília, DF. (in Portuguese)

Brazil. (2012) Lei n° 12.648, de 17 de maio de 2012. Altera dispositivos das Lei n° 7.920, de 12 de dezembro de 1989. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF. (in Portuguese)

Brazil. (1989) Lei n° 12.648, de 17 de maio de 2012. Altera dispositivos das Lei n° 7.920, de 12 de dezembro de 1989. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF. (in Portuguese)

Brazil. (2016) Edital n° 1/2016 da Agência Nacional de Aviação Civil. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, DF, 01 de dezembro de 2016, Capítulo 3, n. 230, p. 126-127. (in Portuguese)

Campinas – Município de Campinas, SP. Lei n°12.392, de 20 de outubro de 2005. Lei que regula o ISSQN. Campinas, SP. (in Portuguese)

Cappa, J. Souza Filho, J. V. (2017) Análise da Evolução do Imposto Sobre Serviços na Arrecadação Tributária no Município de Campinas – SP. Revista de Políticas Públicas, v. 21, n.1. Available at: DOI: 10.18764/2178-2865.v21n1p65-87 (in Portuguese)

Curi, C., Gitto, S., Mancuso, P. (2010). New evidence on the efficiency of Itatian airports: A bootstrapped DEA analysis. Socio-Economic Planning Sciences, 45, 84-93. Available at: DOI: 10.1016/j.seps.2010.11.002

Czerny, A.I. (2006) Price-cap Regulation of Airports: Single-till Versus Dual-till. Journal of Regulatory Economics, ed. 30, vol. 1, p. 85-97. Available at: DOI: 10.1007/s11149-006-0010-9

Czerny, A.I.; Zhang, A. (2015) Single-Till versus Dual-Till Regulation of Airports. Tinbergen Institute Discussion Paper. Tinbergen Institute, Amsterdam.

Daniel, J. I, Harback, K. T. (2009) Pricing the major hub airports. Journal of Urban Economics, v. 66, i. 1, p. 33-56.

Dempsey, P. S. (2008) Airport Finance. Air and Space Law, Graduation (Law Degrees and Certificate Programs), McGill University.

Dumagan, J.C., Ball, V.E. (2009) Decomposing growth in revenues and cost into price, quantity and total factor productivity contributions. Applied Economics, 41, p. 2943-2953. Available at DOI: 10.1080/00036840701367549

Fadlaoui, A. (2012) Impact of Price Regulation on Airport Charges – Airport charges and price regulation in Germany. Air-lines Magazine. Online Journal on Air Transport for Aviation Business Students and Professionals.

Fernandes, E., Pacheco, R.R. (2016) The Casual Relationship Between GDP and Domestic Air Passenger Traffic in Brazil. Transportation Planning and Technology, 33 (7) p. 569-581. Available at: DOI: 10.1080/03081060.2010.512217

Fiuza, E.P.S.; Pioner, H.M. (2009) Regulamentação e Concorrência no Setor de Aeroportos. Série Estudos Regulatórios. Direção Nacional do Projeto BRA/01/801 ANAC-ICAO, Rio de Janeiro, RJ. (in Portuguese)

Fuhr, J. The Institutional Arrangements Between Airlines, Airports, and Handling Companies: A Transaction Cost Assessment. The Technical University of Berlin for obtaining the academic degree (The faculty of Economics and Management). Berlin, 2008.

Gujarati, D. N.; Porter, D. C. (2012) Basic Econometrics. 5 ed. McGraw-Hill.

IATA (2017b) International Air Transport Association. Economic Regulation of Airports and Air Navigation Services Providers. Airport and ATC Charges Positions. ONLINE.

ICAO (2013) International Civil Aviation Organization. International. Airport Economics Manual. Doc 9562. Third Edition. Montreal.

INFRAERO (2012). Empresa Brazileira de Infraestrutura Aeroportuária. Relatório Anual 2011. Brasília, DF. (in Portuguese)

Littlechild, S. C. (2012). German Airport Regulation: framework agreements, civil law and the EU Directive. Jounal of Air Transport Management, v. 21, p. 63-75. DOI: 10.1016/j.jairtraman.2011.12.018

Martín, J.C., Socorro, M.P. (2009) A new era for airport regulators through capacity investments. Transportation Research Part A, v.43, p.618-625. Available at DOI: 10.1016/j.tra.2009.04.001

Phang, S.-Y. (2016) A General Framework for Price Regulation of Airports. Journal of Air Transport Management, v.51, p.39-45. Available at DOI: 10.1016/j.jairtraman.2015.11.001

Tadeu, H. F. B. (2011) Logística Aeroportuária – Análises setoriais e o modelo de cidades-aeroportos. Campinas: Cengage Learn-ing, 296 p. (in Portuguese)

Vasigh, B.; Fleming, K.; Tacker, T. (2013) Introduction to Air Transport Economics: From Theory to Applications. ed. 2. Ashgate Publishing.

Vega, D. J. G. (2012) A Methodology to Forecast Air Transportation Demand with Alternative Econometric Models. Thesis presented to the Instituto Tecnológico de Aeronáutica, in partial fulfillment of the requirements for the Degree of Master in Sci-ence. São José dos Campos, SP.

Viracopos – Aeroportos Brasil (2015). Estatística e Publicações. Resumo da Movimentação Aeroportuária de 2014. Institucional. ONLINE. (in Portuguese)

Viracopos – Aeroportos Brasil (2017) Governança Corporativa. Demonstrações Financeiras. Institucional. ONLINE. (in Portu-guese)

Vojvodic, K. (2008) Airport Concession. ed. 1. EKON. MISAO PRAKSA DBK GOD XVII, p. 95-104.

Vose, D. (2008) Risk Analysis: A quantitative guide. 3° Ed. John Wiley and Sons, p. 752.

RFB, RECEITA FEDERAL BRAZILEIRA (2012) Instrução Normativa RFB n° 1.540, de 05 de janeiro de 2015. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF. (in Portuguese)

Salgado, L. H., Fiuza, E. (2009) Marcos Regulatórios no Brazil – É tempo de Rever Regras? IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Secretaria de Assuntos Estratégicos da BRAZIL. Rio de Janeiro. (in Portuguese)

Senado Federal (2016a) Projeto de Lei do Senado N° 258. Brasília, DF. (in Portuguese)

Serebrisky, T. (2012). Airport Economics in Latin America and the Caribbean: Benchmarking, Regulation and Pricing. Directions in Development: Insfraestructure. The World Bank, Washington, D.C. Available at DOI: 10.1596/978-0-8213-8977-5

Sousa, E. (2014) Retorno Operacional Sobre o Ativo (ROA): Análise do desempenho das companhias listadas no Segmento Novo Mercado da BMandFBOVESPA. Anais do 5° Congresso UFSC de Controladoria e Finanças and Iniciação Científica em Con-tabilidade. Florianópolis. (in Portuguese)

Starkie, D.; Yarrow, G. (2013) Why Airports Can Face Price-Elastic Demands: margins, lumpiness and leveraged passenger losses. International Transport Forum.

TRB (2010) Transportation Research Board. Developing an Airport Performance-Measurement System. Airport Cooperative Research Program – ACRP Report 19. Washington, DC. Available at DOI: 10.17226/14428

Yang, H.; Fu, X. (2015) A Comparison of Price-Cap and Light-handed Airport Regulation with Demand Uncertainty. Transporta-tion Research Part B. Available at DOI: 10.1016/j.trb.2015.02.002

Yang, H.; Zhang A. (2011) Price-cap Regulation of Congested Airports. Journal of Regulatory Economics, v. 39, pp. 293-312.

Young, S.; Wells, A. (2014) Aeroportos – Planejamento e Gestão. 6° Ed. Porto Alegre: Bookman, 539 p. (in Portuguese)




DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v27i1.1640

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Reinaldo Moreira Del Fiaco, Paulo Afonso Lopes da Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.