Faixas adicionais para aclives de rodovias de pistas simples brasileiras: uma adaptação dos critérios da AASHTO

Ricardo Almeida de Melo, José Reynaldo Setti

Resumo


Caminhões carregados quando trafegam em aclives reduzem a velocidade de operação e provocam a formação de pelotões, aumentando o custo operacional e o tempo de viagem dos veículos mais rápidos, além de diminuir a segurança de trânsito. Esses problemas são solucionados quando construídas faixas adicionais, que são obras de melhoria de baixo custo de construção e menor impacto ambiental quando comparado à duplicação de rodovias. Com o intuito de propor diretrizes para implantação de faixas adicionais em aclives de rodovias de pista simples brasileiras, este trabalho visou adaptar, às condições de tráfego e veículos nacionais, os critérios estabelecidos no Livro Verde da AASHTO. Os aspectos adaptados às condições brasileiras foram: (i) curvas de desempenho de caminhões; (ii) redução máxima admissível de velocidade dos caminhões em rampas; e (iii) fluxos mínimos de veículos e porcentagens de caminhões que justificam economicamente a construção da faixa adicional.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v11i2.147

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2003 Ricardo Almeida de Melo, José Reynaldo Setti

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)