Metodologia multicritério para classificar as empresas de transporte rodoviário interestadual semiurbano de passageiros por nível de serviço

Paulo Henrique da Silva Costa, Sergio Ronaldo Granemann

Resumo


O serviço de transporte rodoviário interestadual semiurbano de passageiros entre o Distrito Federal e os Municípios do Entorno transporta diariamente milhares de usuários. Para funcionar a contento, o nível de serviço oferecido pelo operador precisa trazer satisfação aos atores envolvidos: usuários e órgãos gestores e fiscalizadores. Assim, este trabalho teve como objetivo a construção de um modelo de avaliação da qualidade dos serviços prestados pelas empresas para classificá-las por nível de serviço. O trabalho foi desenvolvido basicamente em duas etapas: construção do modelo de avaliação com a utilização da Metodologia Multicritério de Apoio à Decisão – Construtivista (MCDA-C); e verificação da aplicabilidade do modelo. Para tanto, foi realizado um estudo de caso com a aplicação de formulários junto aos usuários. Os resultados mostraram-se consistentes e indicaram que a metodologia pode ser utilizada para classificar as empresas que operam o serviço de transporte interestadual semiurbano de passageiros do Distrito Federal e dos Municípios de seu entorno.

 

 


Palavras-chave


Análise Multicritério, MCDA-C, Qualidade, Transporte de Passageiros.

Texto completo:

PDF

Referências


ANATEL (2015). Resolução nº 654, de 13 de julho de 2015. http://www.anatel.gov.br/legislacao/resolucoes/2015/829-resolucao-654#art5res. Acessado em 15 jan. 2016.

ANEEL (2015). Regulamento IASC. http://www.aneel.gov.br/area.cfm?idArea=192. Acessado em 15 jan. 2016.

ANTT (2015). Sistema de controle de dados dos serviços de transportes rodoviário de passageiros (SISDAP). http://www.antt.gov.br/index.php/content/view/42827/Estatisticas_e_Estudos.html#lista Acessado em: 05/11/2015.

Arruda, B. D. L. D.; L. R. Silva; R. T. Antunes; H. A. D. S. Gomes e Y. Yamashita (2012). Uma proposta de avaliação de desempe-nho para os sistemas de transporte rodoviário interurbano de passageiros. Transportes. v.20, n.1, p. 41-49. DOI: 10.4237/transportes.v20i1.531

Bana e Costa, C. A. (1999). Decision Support Systems in Action - Integrated Application in a Multicriteria Decision Aid Pro-cess. European Journal of Operational Research, v. 113, n. 2, p. 315-335. DOI: 10.1016/S0377-2217(98)00219-7

Bana e Costa, C. A.; J.M. Corte e J.C. Vansnick (2005). M-MACBETH (Measuring Attractiveness by a Categorical Based Evalua-tion Technique). Guia do Utilizador.

Beinat, E. (1995). Multiattribute Value Functions for Environmental Management. Amsterdam: Tinbergen Institute Research Series.

Bertozzi, P.P. e O. F. Lima Jr (1998). A qualidade no serviço de transporte público sob as óticas do usuário, do operador e do órgão gestor. Revista dos Transportes Públicos – ANTP, São Paulo, ano 21, p. 53-61, 4º trimestre 1998.

Bouyssou, D. (1986). Some remarks on the notion of compensation in MCDM. European Journal of Operational Research, v. 26, n. 1, p. 150-160. DOI: 10.1016/0377-2217(86)90167-0

EBTU, Empresa Brasileira de Transportes Urbanos. (1988). Gerência do sistema de transporte público de passageiros: pla-nejamento da operação. Organizado por: TTC Trânsito, Transportes Coletivos e Comunicações. Brasília.

Ensslin, L; G. Montibeller Neto; I. Zanella e S. Noronha (2001). Apoio à Decisão – Metodologia para Estruturação de Proble-mas e Avaliação Multicritério de Alternativas. INSULAR: Florianópolis.

Ferraz, A. C. P. e I. G. E. Torres (2004). Transporte Público Urbano. 2ª Ed. Ampliada e atualizada. Rima: São Carlos.

Freitas, A. L. P.; C. A. C. Reis Filho e F. R. Rodrigues (2011). Avaliação da qualidade do transporte rodoviário intermunicipal de passageiros: uma abordagem exploratória. Transportes, v. 19, n. 3, p. 49-61. DOI: 10.14295/transportes.v19i3.376

Hu, K. C. e W. Jen (1999). Developing City Bus Service Quality Dimensions – Taipei as an Example. Journal of The Eastern Asia Society for Transportation Studies. v. 3, n. 2, p. 349-363.

Keeney, R. L. (1992). Value-focused Thinking: a Path to Creative Decision making. London, England: Harvard University Press.

Keeney, R. L. e H. Raiffa (1993). Decisions with multiple objectives: preferences and value trade-offs. Cambridge, England: Cambridge University Press.

Longo, R.M.J. (1996). Gestão da Qualidade: evolução histórica, conceitos básicos e aplicações na educação. IPEA. http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=3552&Itemid=1

Lubeck, R. M.; M. L. Wittmann; L. F. Battistella; A. S. Richter e S. G. Schendler (2011). Qualidade no transporte coletivo urbano. FACEF PESQUISA, Franca, v. 14, n. 3, p. 264-277.

Muralha, M. (1990). Contribuição para Análise do Desempenho do Sistema de Transporte de Passageiros por Ônibus. Dis-sertação de Mestrado. COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Paladini, E. P. e E. Bridi (2013). Gestão e avaliação da qualidade em serviços para organizações competitivas: estratégias básicas e o cliente misterioso. São Paulo: Atlas.

Pereira Neto, W. A. (2001). Modelo Multicritério de Avaliação do Desempenho Operacional do Transporte Coletivo por ôni-bus no Município de Fortaleza. Dissertação de Mestrado. EFCE. Fortaleza, CE.

Quirino, M. G. (2002). Incorporação das Relações de Subordinação na Matriz de Ordenação – Roberts em MCDA quando os Axiomas de Assimetria e Transitividade Negativa são violados. Tese de Doutorado em Engenharia de Produção, Universi-dade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.

Ribeiro, A. C. S. e A. L. P. Freitas (2012). Emprego da análise de regressão múltipla na identificação dos fatores relevantes na qualidade do transporte rodoviário intermunicipal de passageiros. Anais do XIX Simpósio de Engenharia de Produção, SIMPEP, Baurú,SP.

Roy, B. (1996). Multicriteria methodology for decision aiding (Vol. 12). Dordrecht. Netherlands: Springer Science & Business Media.

Silva, G. R.; J. G. Santos; E. C. Aguiar e J. G. Santos (2014). Qualidade na percepção dos usuários de ônibus: uma aplicação da escala Servqual em Caruaru-PE. Revista Eletrônica Interdisciplinar em Negócios Hospitalares – REINH, v. 01, n. 1.

Teboul, J. (1991). Gerenciando a Dinâmica da Qualidade. Rio de Janeiro: Qualitymark editora.

Vincke, P. (1992). Multicriteria decision-aid. Nova Jérsei. EUA: John Wiley & Sons.

Wagner, H. M. (1986). Pesquisa operacional. 2. ed. Rio de Janeiro: Prentice-hall do Brasil.

Zeinthaml, V. A.; M. J. Bitner e D. D. Gremler (2014). Marketing de serviços: a empresa com foco no cliente. 6ª ed. Porto Alegre: AMGH.




DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v25i3.1301

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 Paulo Henrique da Silva Costa, Sergio Ronaldo Granemann

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.