Monitoramento do desempenho da técnica de reciclagem profunda em pavimentos do estado de Goiás

Rafaella Oliveira Guimarães Santos, Lilian Ribeiro de Rezende, Valdemar Martins da Silva Jr., Ludmila Cabrine Silva Costa, Jorge Hernán García Hómez

Resumo


Este estudo avaliou três rodovias que adotaram a reciclagem profunda com acréscimo de materiais como solução para reconstrução da base. Foi realizada uma comparação de resultados obtidos com ensaios executados em duas fases. Na primeira, foi feita a coleta de material de base para caracterização em laboratório e a realização de ensaios de campo logo após a abertura ao tráfego, complementando com a retroanálise dos dados. Na segunda, repetiu-se os ensaios de campo, a retroanálise e extraiu-se amostras do revestimento para novas análises. Algumas características das misturas não atenderam valores normatizados. Entretanto, os resultados mecânicos foram satisfatórios. As soluções adotadas para as rodovias avaliadas demonstraram potencial de utilização desde que sejam realizados estudos laboratoriais adequados e controle tecnológico durante a execução.


Palavras-chave


Pavimento asfáltico, Restauração, Monitoramento funcional e estrutural, Módulo de resiliência, Retroanálise.

Texto completo:

PDF

Referências


ABNT (2011) NBR 16018: Misturas asfálticas – Determinação da rigidez por compressão diametral sob carga repetida. Asso-ciação Brasileira de Normas Técnicas, Rio de Janeiro.

Andriotti, J.L. (2003) Fundamentos de Estatística e Geoestatística. Editora da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul.

Aragão, F.T.S; Pazos, A.R.G.; Motta, L M.G.; Kim, Y.R.; Nascimento, L.A.H. (2016) Effects of morphological characteristics of aggre-gate particles on the mechanical behavior of bituminous paving mixtures. Construction & Building Materials, v. 123, p. 444-453.

ARRA (2001) Manual Basic Asphalt Recycling. Asphalt Recycling and Reclaiming Association, United States.

ASTM (2003) D 6951: Standard Test Method for Use of the Dynamic Cone Penetrometer in Shallow Pavement Applications. American Society for Testing and Materials, United States.

ASTM (2011) D 2041: standard test method for theoretical maximum specific gravity and density of bituminous paving mixtures. ASTM International, United States.

Bernucci, L.B.; Ceratti, J.A.P.; Motta, L.M.G.; Soares, J.B. (2006) Pavimentação Asfáltica: Formação Básica para Engenheiros (1ª ed.). PETROBRAS: ABEDA, Rio de Janeiro, Brasil.

Bessa, I.S.; Aranha, A.L.; Vasconcelos, K.L.; Silva, A.H.M.; Bernucci, L.L.B. (2016) Laboratory and field evaluation of recycled unbound layers with cement for use in asphalt pavement rehabilitation. Materials and Structures, v. 49, p. 2669-2680, 2016. DOI: 10.1617/s11527-015-0675-6.

Bock, A L.; Hartmann, D.; Budny, J.; Specht, L.P.; Ceratti, J.A.P. (2009) Estudo laboratorial sobre os efeitos de diferentes formas de adição de cal a concreto asfáltico. Teoria e Prática na Engenharia Civil, n. 14, p. 56-69.

Chen, X.; Xu, Z. (2009) Effects of Load and Temperature on Permanent Deformation Properties of HMA.Road Pavement Ma-terial Characterization and Rehabilitation, ASCE, p. 49-55. DOI: 10.1061/41043(350)7

Choi, Y.T. (2013) Development of a mechanistic prediction model and test protocol for the permanent deformation of asphalt concrete. Dissertation (Doctor of Philosophy). North Carolina State University at Raleigh. Disponível em: . Acesso em: 18/12/2015.

CNT (2015) Pesquisa CNT de rodovias 2015: relatório gerencial. Confederação Nacional do Transporte. SEST: SENAT. Brasília.

Coelho Jr., M.L.P.; Rocha, P.H.T. (2013) Estudo preliminar de misturas asfálticas à quente utilizadas em obras de pavimentação na região metropolitana de Goiânia. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás.

Costa, L.C.S. (2013) Avaliação do comportamento de trechos de rodovias restauradas com base reciclada “in situ”. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás.

DER-SP (2003) IP-DEP00/003: Avaliação funcional e estrutural de pavimento – Instrução de Projeto. Departamento de Estradas de Rodagem de São Paulo, São Paulo.

DNER (1979) PRO 011: Avaliação Estrutural dos Pavimentos flexíveis – Volume 1 – Procedimento B. Departamento Nacional de Estradas de Rodagem, Rio de Janeiro.

DNER (1994a) ME 117: Mistura betuminosa – determinação da densidade aparente. Departamento Nacional de Estradas de Rodagem, Rio de Janeiro.

DNER (1994b) ME 053: Misturas betuminosas – percentagem de betume. Departamento Nacional de Estradas de Rodagem, Rio de Janeiro.

DNER (1994c) PRO 175: Aferição de viga Benkelman – Procedimento. Departamento Nacional de Estradas de Rodagem, Rio de Janeiro.

DNER (1995) ME 084: Agregado Miúdo – Determinação da densidade real. Departamento Nacional de Estradas de Rodagem, Rio de Janeiro.

DNER (1998a) ME 083: Agregados – análise granulométrica. Departamento Nacional de Estradas de Rodagem, Rio de Janeiro.

DNER (1998b) ME 081: Agregados – Determinação da absorção e da densidade de agregado graúdo. Departamento Nacional de Estradas de Rodagem, Rio de Janeiro.

DNIT (2003a) TER 005: Defeitos nos pavimentos flexíveis e semi-rígidos – Terminologia. Departamento Nacional de Infraes-trutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT (2003b) PRO 006: Avaliação objetiva da superfície de pavimentos flexíveis e semi-rígidos – Procedimento. Departa-mento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT (2003c) PRO 007: Levantamento para avaliação da condição de superfície de subtrechos homogêneo de rodovias de pavimentos flexíveis e semi-rígidos para gerência de pavimentos e estudos e projetos – Procedimento. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT (2006a) ES 031: Pavimentos flexíveis – Concreto asfáltico – Especificação de Serviço. Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT (2006b) IPR 720: Manual de Restauração de Pavimentos Asfálticos. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, 2ª Edição, Rio de Janeiro.

DNIT (2010a) ME 133: Pavimentação asfáltica – Delineamento da linha de influência longitudinal da bacia de deformação por intermédio da Viga Benkelman – Método de ensaio. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT (2010b) ME 136: Pavimentação Asfáltica – Misturas Asfálticas – Determinação da resistência à tração por compressão diametral – Método de ensaio. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT (2010c) ME 135: Pavimentação Asfáltica – Misturas Asfálticas – Determinação do módulo de resiliência – Método de ensaio. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

FHWA (1997). Pavement Recycling Guidelines for State and Local Governments – Participant’s Reference Book. FHWA-SA-98-042, 1997.

Hómez, J.H.G. (2014) Avaliação de rodovias goianas restauradas com a técnica de reciclagem a frio “in situ”. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás.

Huang, Y.H. (2004) Pavement Analysis and Design (2ª ed). Kentucky: Pearson Education, Inc. Upper Saddle River, New Jer-sey.

Ibrahim, A. (2007) Performance evaluation of Superpave and Marshall asphalt mix designs to suite Jordan climat and traffic conditions. Construction and Building Materials, n. 21, p. 1732-1740. DOI: 10.1016/j.conbuildmat.2006.05.036

Jaritngam, S.; Somchainuek, O.; Taneerananon, P. (2012) An investigation of lateritic soil cement for sustainable pavements. Indian Journal of Science and Technology, v. 5, n. 11, p 3603-3606.

Lacroix, A.T. (2013) Performance prediction of the NCAT test track pavements using mechanistic models. Dissertation (Doc-tor of Philosophy). North Carolina State University, NC.

Macêdo, F.N. (2003) Retroanálise de bacias de deflexão reais e teóricas obtidas por métodos estatísticos e dinâmicos. Dissertação de Mestrado. Universidade de Brasília, Brasília, Brasil.

Marques, G.L.O. (2004) Utilização do módulo de resiliência como critério de dosagem de mistura asfáltica: efeito da compactação por impacto e giratória. Tese de doutorado. Universidade Federal do Rio de Janeiro, COPPE, Rio de Janeiro.

Medina, J. Motta, L.M.G. (2015) Mecânica dos Pavimentos (3ª ed.). Interciência, Rio de Janeiro, Brasil.

Morian, D.A.; Solaimanian, M; Scheetz, B.; Jahangirnejad, S. (2012) Developing Standards and Specifications for Full Depth Pavement Reclamation. Technical Report Documentation Page. Report nº FHWA-PA-2012-004-090107, Pennsylvania Department of Transportation. Harrisburg, Pennsylvania.

Park, T. (2007) Causes of bleeding in a hot-in-place asphalt pavement. Construction and Building Materials, ASCE, v. 21, p. 2023-2030. DOI: 10.1016/j.conbuildmat.2007.06.008.

Ponte, R.S.; Branco, V.T.F.; Holanda, A.S.; Soares, J.B. (2014) Avaliação de diferentes metodologias para obtenção do Módulo de Resiliência de misturas asfálticas. Transportes, v. 22, n. 2, p. 85-94. DOI: 10.14295/transportes.v22i2.792.

Prowell, B.D.; Brown, E.R. (2007) Superpave mix design: verifying gyration levels in the Ndesign table. National Cooperative Highway Research Program – NCHRP Report 573.Washington, District of Columbia, EUA.

Prudente, C.Q.A. (2015) Estudo laboratorial de misturas asfálticas a quente utilizadas em Goiás. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás.

Ressutte, A.F.B.; Fortes, R.M.; Suzuki, C.Y.; Silva, J.B.R. (2015) Análise da utilização de tela de aço soldada na terceira faixa em rodovia do estado de São Paulo sob jurisdição do DER/SP. In: 9º Congresso Brasileiro de Rodovias e Concessões e 9ª Exposição Internacional de Produtos para Rodovias - BRASVIAS, Brasília.

Rezende, L.R. (2014) Resultados de ensaios de campo na rodovia GO-147. Relatório de pesquisa.

Rosa, F.D.; Jorge, F.S.; Brito, L.A.T.; Ceratti, J.A.P. (2015) Análise do comportamento mecânico de um pavimento reciclado com adição de diferentes agentes estabilizadores. Transportes, v. 23, n. 2, p. 95-104. DOI: 10.14295/transportes.v23i2.880.

Sachet, T. (2007) Controle tecnológico de obras rodoviárias envolvendo a reciclagem In Situ de bases granulares de pavi-mentos asfálticos. Dissertação de Mestrado. Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, Rio Grande do Sul.

Silva, A.H.M. (2011) Avaliação do Comportamento de pavimentos com camada reciclada de revestimentos asfálticos a frio com emulsão modificada por polímero. Dissertação de Mestrado. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo.

Silva Junior, V. M. (2015) Estudo Laboratorial de Bases Granulares Recicladas in situ. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás.

Vasconcelos, K.L. (2004) Comportamento mecânico de misturas asfálticas a quente dosadas pelas metodologias Marshall e Superpave com diferentes granulometrias. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Ceará.




DOI: http://dx.doi.org/10.14295/transportes.v25i4.1244

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 TRANSPORTES

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)